Review

E que força!

Força Ralph é uma aposta claramente ganha da Disney.

Um filme que traz o universo dos jogos Arcade de novo para a ribalta, através de personagens e jogos conhecidos de muitos graúdos mas também de muitos miúdos.

Quem não se lembra de Zangief, Ken, Ryu, e do seu StreetFighter, ou de Bowser da saga SuperMario Bros?

Ou do Mega-sucesso que foi Pacman no início dos anos 80?

Força Ralph transporta para o ecrã aquilo que muitos terão imaginado.
O que se passará dentro de uma máquina de jogos?
E se os personagens dos jogos ganhassem vida?

Uma espécie de Toy Story dentro do mundo digital.

Ralph é um vilão do jogo Arcade Fix it Felix Jr, máquina de jogos que se encontra num imenso salão onde todos os personagens dos jogos interagem entre si após o fecho da sala.

Só que 30 anos após o lançamento do jogo, Ralph está cansado de ser o mau e viver numa lixeira, a observar o topo do edifício onde invariavelmente se encontra Felix, sempre a receber a sua medalha de herói no fim de cada jogo.

Com uma força extraordinária e umas mãos gigantes, Ralph não parece compreender bem o seu papel no jogo.
Acha que não é só o mau.Pensa que tem valor para muito mais.
E tenta descobrir novos horizontes, em busca de uma medalha de herói que o leve também ao topo.

Encontra então vários personagens de outros jogos, “entra” nesses jogos e acaba por ser fundamental na reposição de determinados valores que há muito estavam perdidos.

Vanellope é uma aparente falha de um desses jogos, uma glitch, que desaparece frequentemente, mas que busca desesperadamente integrar a equipa de corredoras do jogo Sugar Rush, desenrolado num maravilhoso mundo de doces e guloseimas, onde existem inúmeros personagens como o King Candy, que vão ajudar a enriquecer a história.
Ralph decide ajudar Vanellope, pois identifica-se com ela, e ao abandonar o seu jogo original Ralph obriga Felix a ir procurá-lo, para evitar que no dia seguinte a sua máquina seja desligada e o jogo seja perdido para sempre.

Não faltarão os vírus,a ameaçar todo o universo do salão, as inúmeras peripécias, os sorrisos e as lágrimas nesta aventura.

Com um argumento excelente, de fácil acesso, Força Ralph foi para mim a surpresa do ano, um filme que prova que a simplicidade consegue ser maravilhosa, e vai ser, seguramente bem acolhido por todos os espectadores.

Neste grande salão de jogos onde todos vivemos, o conceito de Retro ganha valor, e os mais jovens vão ganhar muito com as mensagens passadas por Ralph e companhia, que  ilustram que nem tudo o que é velho saiu de moda, e que podemos redescobrir sempre o que já existe.

E acima de tudo agir correctamente, e perceber o nosso papel no dia a dia.

E por muito que nos possa afectar desempenhar determinadas funções no quotidiano, elas são utéis, pois não há vilões sem heróis nem heróis sem vilões.

Todos precisam uns dos outros para sobreviverem.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.3/10 (8 votes cast)

Força Ralph, 9.3 out of 10 based on 8 ratings



About the Author

Lúcio Silva
Licenciado em Tecnologias da Comunicação Audiovisual (ESMAE/IPP). Formador de Workshops de História do Cinema Mundial. Docente.